Flamengo atropela Inter e aumenta vantagem na liderança

O Flamengo novamente mostrou o seu grande futebol e saiu com a vitória em cima do Internacional, por 3 a 1, no Maracanã, que contou com a presença de mais de 64 mil torcedores. A vantagem só não ficou ainda maior porque o Rubro-Negro perdeu outras oportunidades claras de gol.

Com a vitória, o clube da Gávea chegou a 48 pontos no Campeonato Brasileiro e se isolou ainda mais na liderança. Na próxima rodada, a equipe carioca enfrenta o São Paulo e depois se prepara para o jogo contra o Grêmio, pelo embate de ida da Libertadores.

 

O JOGO

O Flamengo iniciou a partida em sua característica marcante de ser intenso e permanecer com a posse de bola para abrir o placar. Por outro lado, o Internacional, que colocou quatro volantes no meio, tentava brecar as ações ofensivas do clube da Gávea.

 

Pressionando muito nos minutos iniciais, o Rubro-Negro conseguiu confundir a defesa adversária e abriu o placar logo aos 19. Gabigol ficou cara a cara com Marcelo Lomba, driblou o goleiro, mas foi segurado pelo lateral direito Bruno antes de arrematar. A arbitragem assinalou a penalidade e o próprio atacante cobrou e colocou a equipe carioca na frente.

 

Ainda no lance de pênalti, Bruno recebeu o cartão vermelho diretamente por atrapalhar a chance clara de gol do Fla. Se não bastasse, tomando um baile no Maracanã, o Inter ainda teve mais um jogador expulso nos minutos finais do primeiro tempo, ficando com dois a menos em campo. Guerrero reclamou de maneira áspera com árbitro e acabou indo para o vestiário mais cedo.

Mesmo com dois a menos, o Internacional foi para cima no início do segundo tempo e conseguiu o empate, aos três minutos, com Edenílson. Arão e Rodrigo Caio vacilaram na direita, deixaram Patrick avançar e tocar para o volante do Colorado, que bateu bonito na entrada da área, contando com o desvio de Gerson.

Com muitos espaços no meio de campo, o Flamengo não tinha dificuldades para criar oportunidades de gol e logo aos dez minutos voltou a ficar em vantagem. Rafinha cruzou com perfeição para Arrascaeta, que cabeceou na área e tirou qualquer possibilidade de defesa de Arrascaeta.

Bruno Henrique ainda deixou o seu, aos 29, deixou de receber passe açucarado de Arrascaeta dentro da área. O camisa 27 apenas teve o trabalho de empurrar para a rede.

 

By: Colunafla

user

Read Previous

Melhores papeis de parede da Marvel para baixar gratis2019

Read Next

Rissóis de Carne Moída e Mussarela

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

x
Bitnami